December 16, 2019

Please reload

Posts Recentes

I'm busy working on my blog posts. Watch this space!

Please reload

Posts Em Destaque

A importância da introdução alimentar

Habitualmente, a introdução alimentar é um período que provoca muita ansiedade nos pais. São tantas informações, dicas e críticas, que discernir o mais adequado às vezes se torna difícil! Talvez, então, a maior dica deste post seja ter paciência neste momento tão importante, afinal o bebê precisará de tempo para se habituar aos novos sabores.

 


Contamos com uma variedade de métodos para introdução alimentar além do tradicional, como o BLW, alimentação responsiva e alimentação participativa e eu diria que não há, necessariamente, uma classificação de melhor ou pior dentre eles. No entanto, há o que mais se adequa à família e, muitas vezes, mesclar os métodos funciona bem.

 


De forma geral e em todos os métodos, a alimentação natural é o carro chefe. Portanto, alimentos ultraprocessados , como biscoitos, sucos de caixinha, petit suisse, não são recomendados até, pelo menos, 1 ano de idade. A variedade do cardápio deverá ser composta por frutas, legumes, verduras, cereais (principalmente integrais), ovos, carnes. Use temperos naturais.

 


Principalmente no inicio, a quantidade de alimento será possivelmente menor do que a sua expectativa, não se assuste! Além de um novo sabor, o bebê ainda não possui a habilidade de mastigação, então é absolutamente normal que grande parte do alimento “saia” da boca e isso não quer dizer que ele não está gostando.

 


Não liquidifique ou peneire os alimentos. Mesmo no método tradicional, recomenda-se amassar com garfo e progredir na consistência.

 


Não tenha pressa, acelerando a mastigação da criança. Não camufle os alimentos.

 A consciência alimentar é importante na aceitação dos alimentos, tanto na introdução alimentar quanto futuramente. Isto também se aplica na atenção dada à alimentação. Evite, então, objetos como tablets, televisão ou brinquedos neste momento.

 


E o mais importante: não desista quando observar resistência ou não aceitação por determinados alimentos. Ofereça-os de outras formas, combinações e texturas, e se dê por vencido somente quando esgotar as opções.

 

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Siga

I'm busy working on my blog posts. Watch this space!

Please reload

Procurar por tags
Please reload

Arquivo
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square
  • Facebook Social Icon
  • Instagram Social Icon

Copyright © Dialogar 2018