December 16, 2019

Please reload

Posts Recentes

I'm busy working on my blog posts. Watch this space!

Please reload

Posts Em Destaque

Um perigo chamado Andador

 

 

Ainda há, infelizmente, quem ainda use andador para as crianças. A justificativa é quase sempre "ajudar a criança a andar" ou ainda de "ser um local seguro para os pais poderem cumprir as atividades do cotidiano". O que quase ninguém sabe é o perigo que o andador expõe a criança. Muitos estudos são feitos e até então não se encontrou benefícios que esse brinquedo possa trazer. Na verdade, com seu uso diário, a criança perde a noção de espaço e perigo, adquirida com o engatinhar e andar, aumentando potencialmente o risco de quedas graves. Segundo o Departamento de Segurança da Sociedade Brasileira de Pediatria, a cada 3 crianças que usam andador, 1 sofre traumatismo craniano.


A falsa sensação de segurança faz com que os pais diminuam os cuidados e a criança fique a vontade para alcançar lugares e objetos como degraus, panelas e produtos de limpeza. Além das quedas, afogamento, queimaduras e intoxicação estão entre os acidentes que podem ser causados pelo uso do andador.


Se tratando do desenvolvimento motor, usar andador pode causar posições viciosas e até deformidades das pernas, que quase sempre ficam abertas e na ponta dos pés e os músculos ficam mais fracos, e então, ao contrário do que as pessoas pensam, o uso do produto faz com que a criança demore aida mais para andar.


No Canadá, desde 2007, a fabricação, venda e uso de andador é proibida por lei, os Estados Unidos e países da Europa também caminham para tal proibição. No Brasil existe um Projeto de Lei (n 4926/2013) que visa à proibição da fabricação, venda e utilização de andador infantil em todo o território nacional, estando em acordo com a posição da Sociedade Brasileira de Pediatria e diversas outras instituições e profissionais voltados para a saúde da criança.


Com certeza a supervisão de um adulto evita que muitos acidentes aconteçam, independente do uso do andador. Por isso é importante que a criança fique em um espaço livre e seguro para se desenvolver, que possa se locomover sozinha: seja rolando, se arrastando ou engatinhando, pois, essas fases são marcos motores importantes para o desenvolvimento Neuropsicomotor da criança. O estímulo para andar também deve acontecer na idade certa e já existem alguns brinquedos seguros de empurrar que ajudam o bebê a dar seus primeiros passinhos. 

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Siga

I'm busy working on my blog posts. Watch this space!

Please reload

Procurar por tags
Please reload

Arquivo
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square
  • Facebook Social Icon
  • Instagram Social Icon

Copyright © Dialogar 2018